Accesibilidad en las escuelas del interior de Sao Paulo: la visión de los profesores de Educación Física

  • Lenoel Gabriel da Silva Venâncio Faculdade Estácio de Sá de Ourinhos (FAESO)
  • João Carlos Pereira de Moraes Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Resumen

La presente investigación tiene como objetivo analizar la opinión de los profesores de Educación Física en una escuela municipal en el interior de Sao Paulo sobre el tema de la accesibilidad para estudiantes con discapacidades. Con este fin, los investigadores desarrollaron y aplicaron un cuestionario, que contiene preguntas relacionadas con el tema, a cinco profesores de Educación Física que trabajan en la escuela, que consiste en la totalidad de los maestros del área. Como resultado, descubrimos que los maestros todavía entienden la accesibilidad como un elemento arquitectónico, olvidando sus diversas áreas, como la comunicación, los recursos, los planes de estudio, etc. También se observó que los profesionales cuestionan la falta de apoyo y capacitación brindada por las agencias gubernamentales.

Palabras clave: Accesibilidad, Educación Física, Profesores

Citas

Brandenburg, L. E., e Lükmeier, C. (2013). A História Da Inclusão X Exclusão Social Na Perspectiva Da Educação Inclusiva. In: Anais do Congresso Estadual de Teologia, p. 175-186.

Brasil (1996). Palácio do Planalto / Legislação: Lei de Diretrizes e Bases de 20 de dezembro de 1961- LDB 4024/ 1961 e Lei de diretrizes e bases da educação nacional - LDBEN LEI Nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996.LDB 9394/1996. Disponível em: http://www2.planalto.gov.br/ acesso, em 15 de Fevereiro de 2017.

Brasil (1988). Palácio do Planalto.Constituição brasileira de 1988. Disponível em: http://www2.planalto.gov.br acesso, em 15 de Fevereiro de 2017.

Cidade, R. E., e Freitas, P. (2002). Educação Física e Inclusão: Considerações para prática Pedagógica na Escola. Revista Integração - atividade para Educação Especial.

Conceição, E., e Moraes, J. C. P. (2017). O Processo de Inclusão de Alunos com Deficiência no Interior de São Paulo: Uma Comparação entre Professores de Educação Física e Polivalente. Boletim Técnico do Senac, v. 43, p. 212-227.

Duarte, C. R. S., e Cohen, R. (2006). Proposta de metodologia de avaliação da acessibilidade aos espaços de ensino fundamental. Anais NUTAU, v. 12.

Freire, P. (2017). A importância do ato de ler em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez Editora.

Kowaltowski, D. C. C. K. (2011). Arquitetura escolar: o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos.

Mantoan, M. T. E. (1993). Integração x Inclusão: Escola (de qualidade) para Todos. Universidade Estadual de Campinas, Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diversidade-LEPED/UNICAMP.

Mantoan, M. T. E. (2003) Uma escola de todos, para todos e com todos: o mote da inclusão. Educação, n. 49, p. 127-135.

Mantoan, M.T.E. (2003). Inclusão escolar. O que é? Por que? Como fazer? (1ª ed.). São Paulo: Moderna.

Mazzotta, M. J. S. (1998). Inclusão e Integração ou Chaves da Vida Humana”. In: Palestra proferida durante o III Congresso Ibero-americano de Educação Especial, Diversidade na Educação: Desafio para o Novo Milênio. Foz do Iguaçu.

Miranda, A. A. B. (2004). História, deficiência e educação especial. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 15, p. 1-7.

Moraes, J. C. P., e Luiz, S. A. M. (2016). A participação do autista nas aulas de Educação Física: entre três olhares docentes. Lecturas: Educación Física y Deportes (Buenos Aires), v. 215, p. 1. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd215/a-participacao-do-autista-de-educacao-fisica.htm

Moraes, J. C. P., Rocha, L. R. M., e Silva, M. C. (2016). O surdo e a escrita numérica. Espaço. Rio de Janeiro, v. 40, p. 35-43.

Ross, P. (1998). Pressupostos da integração/inclusão frente à realidade educacional [resumo]. In: Resumos de comunicações científicas. III Congresso Íbero-americano de Educação Especial. p. 239-243.

Sanches, I.; Teodoro, A. (2006). Da integração à inclusão escolar: cruzando perspectivas e conceitos. Revista Lusófona de Educação, n. 8.

Sassaki, R. K. (1997). Inclusão: Construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA.

Publicado
2020-03-26
Cómo citar
Venâncio, L. G. da S., & Moraes, J. C. P. de. (2020). Accesibilidad en las escuelas del interior de Sao Paulo: la visión de los profesores de Educación Física. Lecturas: Educación Física Y Deportes, 24(262), 18-35. https://doi.org/10.46642/efd.v24i262.1067
Sección
Artículos de Investigación